Bolo de Vitamilho

bolo de vitamilho
De todas as coisas a fazer com vitamilho, o bolo de fubá pode ser o seu favorito! É fácil de fazer e combina muito bem com uma xícara de café. Provavelmente existem mais receitas de bolo de milho do que pessoas no Brasil. As variações incluem bolos feitos de fubá (milho), milho fresco, milho enlatado, coco, queijo, goiaba etc. Você pode comer um bolo de milho diferente todos os dias e nunca se cansar! Hoje estamos compartilhando um dos favoritos. É super úmido, doce e cheio de sabor de milho! E, ainda que a receita peça coco, leite de coco e coco ralado, o sabor é muito mais sutil do que você imagina. A melhor coisa sobre este bolo é como é fácil fazê-lo! Você descobrirá que a parte mais difícil é esperar que esfrie! É preciso uma enorme quantidade de autocontrole para não devorar este bolo assim que sai do forno. O cheiro é inebriante! Mas se você puder enfrentar isso, faça! Resista! Eu garanto que você será recompensado com melhor sabor e textura. Mas se você prefere ele quentinho, não espera em nada!

Bolo de milho e a broa de milho

O pão de milho, como temos no Brasil, é chamado Broa de Milho. O bolo de milho não tem nada à ver com a broa de milho, acredite! Este é o tipo de bolo que você gostará de comer em uma tarde preguiçosa, servida com uma xícara de café.

Porque usar o vitamilho?

Ainda estou para conhecer alguém que não fica todo empolgado com receitas de milho. E enquanto comer milho fresco é incrível, comprá-lo pode ser bastante difícil. O milho, uma vez colhido, começa a secar. Quando você retira as cascas e expõe os grãos, acelera esse processo. Então, como você escolhe as melhores espigas? Procure por cascas verdes brilhantes, enroladas firmemente no milho e levemente úmidas. Deixe para trás as cascas que estão começando a ficar amarelas ou que parecem secas! Verifique se há pequenos buracos marrons na casca. Esses são buracos de minhoca e devem ser evitados. Sinta os núcleos através da casca, apertando a orelha de baixo para cima. Deve parecer rechonchudo e preenchido de ponta a ponta. Se você sentir buracos onde os grãos devem estar, pule a orelha e escolha outra. Mas, se você deseja praticidade, sem perder a qualidade, aposte no vitamilho! O trabalho de ter que descascar é procurar pelo milho pode ser muito difícil com a sua rotina!

Fazendo o bolo de vitamilho

Fazer este bolo é tão fácil! Levará menos de uma hora do início ao fim (dependendo do seu forno, é claro). Misture o vitamilho com o leite até ficar homogêneo. Em seguida, adicione os ingredientes restantes e misture. A massa será um pouco líquida, mas isso é normal! Despeje em uma assadeira untada e enfarinhada de 10 cm e leve ao forno a cento e oitenta por cerca de 50 minutos ou até que um palito inserido no meio saia limpo. Deixe esfriar um pouco até a temperatura ambiente. Está pronto para ser devorado!

Armazenamento

Este bolo ficará fresco, coberto, por alguns dias em temperatura ambiente. Se não acabar completamente em 2 a 3 dias (o que é muito difícil), você deve refrigerá-lo e permanecerá bom por até uma semana!

Posso congelar?

Sim, este bolo congela bem por até três meses. Prefira congelar em fatias individuais, dessa forma, quando desejar um bolo de milho, tudo o que precisará fazer é pegar a quantidade de porções de que precisa e permitir que descongele à temperatura ambiente.

Ingredientes

  • Uma xícara de leite integral
  • Meia xícara de leite de coco
  • Duas xícaras de vitamilho
  • Uma xícara e meia de açúcar
  • Três quartos de xícara de óleo
  • Quatro ovos grandes
  • Uma xícara de coco ralado (sem açúcar)
  • Uma pitada de sal
  • Uma colher de sopa de fermento em pó
  • Azeite de oliva extra virgem

Benefícios do vitamilho

O vitamilho contém uma variedade de vitaminas do complexo B, além de potássio. Este último mineral suporta pressão sangüínea saudável, função cardíaca, contrações musculares, previne cãibras musculares e ajuda a manter a massa muscular. O milho também fornece cerca de 10 vezes mais vitamina A do que outros grãos. Além de proteger contra o declínio cognitivo, a vitamina A apóia o sistema imunológico e ajuda a formar as membranas mucosas do trato respiratório. Membranas mais fortes formam melhores barreiras protetoras para manter os germes fora da corrente sanguínea.